Brainstorming & um Guia de Brainstorming para Blog

Semana passada, eu falei de ideias do tipo de publicação que deseja escrever, é hora de se tornar mais específico e fazer com que estas ideias virem textos. Para isso vamos aprender a fazer brainstorm para blog.

Aqui estão algumas maneiras efetivas de fazer isto e um Guia de Brainstormin para Blog!

Quora é um ótimo lugar para aprender algo novo e compartilhar seu conhecimento profissional. É também a oportunidade perfeita para ver quais as questões relacionadas com sei nicho e o que as pessoas estão perguntando.

Basta digitar suas palavras-chave e ver as questões que estão em pauta. Então, simplesmente responda uma ou mais em sua postagem. Você também pode procurar em outros fóruns relacionados a seu nicho e canais de distribuição de conteúdo.

Converse com seus fãs e seguidores no Facebook, Twitter, Instagram e outros sites sociais.

Veja seus comentários e preste atenção aos problemas que estão tendo e às perguntas que eles fazem.

Você pode até visitar as páginas sociais dos seus concorrentes e tirar ideias das perguntas que seu público alvo.

Por que começar do zero sempre que você pode construir em cima do que você já possui?

Olhe para as suas postagens de blog antigas, postagens em todas as redes sociais e veja se há algo que você pode reutilizar ou adicionar algo a mais.

Talvez seja um conteúdo que agora esteja desatualizado e que precise ser revisado, ou um excelente conteúdo que se perdeu ou está esquecido. Estou precisando fazer isso aqui no site e em breve farei e espero que vocês também façam:

Digite-o, revise-o, reescreva-o ou use-o como um trampolim para novas postagens.

 

Se você já tem algumas postagens em seu site ou blog, volte e veja os comentários.

O que os leitores estão perguntando? Quais postagens estão recebendo mais comentários?

Desenhe essa informação para determinar o que mais os leitores querem saber.

Também não se esqueça de olhar para as postagens que receberam muitos comentários positivos. Se os leitores expressaram interesse, esta é provavelmente uma ótima chance de expandir e construir sobre o assunto.

 

Quem diz que você não pode se inspirar nos livros?

Veja seus livros relacionados ao seu negócio e veja quais os tópicos que eles abordam.

A tabela de conteúdos geralmente é o local perfeito para iniciar sua busca e obter algumas ideias.

 

Se você escreveu artigos para outros sites, não perca seu trabalho.

Retrabalhe o que está escrito nestes blogs, cria algo novo a partir desses artigos e use em seu site/blog.

No entanto, se você enviou uma postagem como convidado, há pouco tempo, espere algumas semanas antes de publicá-lo em seu blog. Você não quer sua competindo com a publicação original.

 

Fique atento aos blogs e conversas iniciadas por seus concorrentes.

Afinal, as chances são de que você tenha o mesmo público-alvo e quem sabe, até os mesmos leitores, por que não aprender algo de suas experiências positivas e negativas?

Analisar a escrita do seu concorrente pode te dar uma imagem clara do real interesse dos seus clientes.

Uma boa maneira de manter um olho nesses blogs é com ferramentas como o Google Alerts ou o BuzzSumo.

 

Fique atento a esses e-mails das suas campanhas que obtiveram maior sucesso. Preste atenção especial às taxas de clique. Essas taxas podem indicar um tema convincente e muitos cliques são um sinal de que você o apresentou bem.

Agora, pegue esses e-mails e os aumente. Faça uma postagem mais completa em seu blog.

 

Aprenda com os profissionais procurando sua própria inspiração em bastidores de revistas ou em jornais.

Que tipo de recursos que atraem seu interesse?

Pegue-os e se adapte ao seu blog.

Lembre-se, a adaptação não significa plagiar. Isso significa inspirar-se em uma manchete rápida ou um editorial espirituoso, estudando a estrutura e aplicando-a ao seu próprio trabalho.

 

Uma das melhores maneiras de gerar ideias de postagem no blog é fazer uma pesquisa para as palavras-chave do seu negócio em vários sites de marcadores sociais.

Aqui estão apenas alguns que você pode pesquisar:

  • Pinterest
  • Reddit
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • ScoopIt

Em seguida, ordene os resultados com base na popularidade e veja quais são os melhores.

Artigos com o máximo de buzz são excelentes fontes de conteúdo para reimaginar seus próprios canais de marketing.

 

Se você ainda não dá a seus leitores a oportunidade de falar e fazer perguntas, isto tem que mudar!

Incentive seus assinantes a responder seus e-mails com perguntas, comentários, avaliações de produtos, serviços ou qualquer outra coisa que tenha relevância para você.

Não só isso ajudará a fortalecer seu relacionamento com esses assinantes, mas isso irá ajudá-lo a obter informações valiosas sobre o que eles pensam

 

Conversa com os clientes da sua loja. Ligue para seus clientes mais leais para entrevistas. Defina cartões de comentários para obter feedback.

Tenha conversas com familiares e amigos que não conhecem seu negócio.

Compare sua perspectiva contra o feedback de seus clientes e faça uma conclusão.

Claro, todas essas ideias são especialmente eficazes para empresas locais, mas também podem trabalhar para um negócio on-line.

ENFIM…

Brainstorming para tópicos do blog pode ser difícil no início. Mas vocês viram que há inúmeras maneiras de gerar ideias e cada processo é uma fatia do seu bolo.

Agora você tem uma boa ideia sobre o tipo de publicação que deseja escrever e de também onde tirar ideias.

O próximo passo é criar o suas próprias ideias.

Então, pegue a folha de trabalho abaixo e responda cada uma das perguntas.

 

Depois de terminar, você terá tópicos de blog suficientes para durar um ano por ano!

 

Baixe seu Guia de Brainstorm para Blog aqui! 

Inspiração de Conteúdo para Seu Blog

Sente-se no computador, com os dedos no teclado, pronto para escrever a próxima postagem do blog, mas não tem ideia do que escrever? Então hoje vou te dar inspiração de conteúdo para seu blog!

Isso acontece com o melhor de nós. Essa tela em branco nos apavora, não é mesmo? Mas a boa notícia é que hoje vou te dar varias maneiras de fazer um brainstorm.

Você só precisa saber onde procurar e como induzir seu cérebro para aqueles dias menos do que criativos.

 

Determine o tipo de publicação a escrever

Há mais do que apenas um tipo de publicação. Então, se você está perdendo ideias, comece por determinar qual (is) tipo (s) de postagens em que deseja focar. Isso irá ajudá-lo ter ideias novas ou a ajustar as que você já possui.

Talvez você tenha uma ideia geral do que escrever, e simplesmente não saiba como apresentar a informação da melhor maneira possível. Nesse caso, escolher o tópico certo te ajudará a se concentrar mais.

Aqui estão alguns tipos de postagem que você precisa considerar

1.Como e o que postar!

Tutoriais e instruções são gostosos! Por quê? Porque eles ajudam o leitor a resolver um problema que enfrentam. As postagens que “ensinam” são mais do que simples palavras ou frases vagas – estão cheias de dicas práticas e instruções.

Então, pense sobre quais pontos fortes e conhecimentos que você possui e que podem beneficiar seus leitores.

Você também pode escrever sobre as táticas que você tentou, o que funcionou e o que você aprendeu. Em seguida, jogue algumas dicas e truques que você usou para fazer seu trabalho.

Ideias para postagens:

  • Um guia passo a passo
  • Como NÃO fazer algo

2 .Entrevistas e Perfis

As entrevistas podem ser uma maneira eficaz de chamar a atenção do seu leitor e aumentar a autoridade. Eles também são uma ótima maneira de construir relacionamentos com líderes o seu nicho e influenciadores.

Ao escrever essa publicação, certifique-se de tornar a entrevista inovadora, atraente e relevante para o seu leitor. E, claro, não se esqueça de entrar em contato com a pessoa que você entrevistou assim que a postagem estiver no ar e pedir para compartilhar com o público dela.

Ideias para entrevistas:

  • Entrevista com especialistas do nicho.
  • Entrevista com outros blogueiros e influenciadores da área.
  • Entrevistar fornecedores que possam compartilhar informações valiosas em seu produto ou fornecer dicas sobre como usá-lo.
  • Entreviste pessoas comuns que dominaram uma habilidade valiosa relacionada ao seu nicho.
  • Entreviste seus leitores ou clientes e destaque os problemas e os sucessos que eles estão tendo.
  1. Listas

As listas são uma ótima maneira de apresentar informações de maneira leve e fácil de entender. Você pode criar listas com marcadores, listas numeradas, etc.

Uma das melhores coisas sobre esses tipos de publicações é que  geralmente elas são sempre atuais e muito compartilháveis.

Se você decidir fazer uma lista numerada, não se esqueça de usar o número no título – esses tipos de títulos sempre funcionam bem.

Ideias para postagens da lista:

  • Uma lista de 100 tópicos de blog.
  • Uma lista dos seus livros favoritos relacionados a seu nicho.
  • Uma lista de verificação passo-a-passo das tarefas diárias relacionadas à sua área.
  • Uma lista de coisas que você aprendeu em um evento ou curso.
  • Uma lista de coisas a fazer para melhorar uma habilidade profissional
  • Uma lista de perguntas que seus leitores e clientes fazem com maior frequência (com suas respostas).

 

  1. Opiniões, Tendências e Previsões

Os leitores e assinantes do seu blog leem seu blog por um motivo.

Se você é uma autoridade aos seus olhos, eles vão querer saber sua opinião sobre tópicos e notícias relacionadas a nichos. Isso significa que você pode compartilhar abertamente o seu ponto de vista e fazer suas próprias previsões sobre as tendências da indústria.

Mas certifique-se de fazer backup de suas reivindicações com pesquisas reais, pesquisas e estatísticas que você encontrou. Isso mostrará mais prova e autoridade.

Você pode compartilhar sua tomada de notícias, tendências da sua área de atuação, opinião popular ou postagens de blog de outra pessoa.

Ideias para posts de opinião:

  • Fale sobre o que o do seu nicho e as tendências.
  • Faça o link para outra postagem no blog e ofereça sua opinião sobre o assunto.
  • Compartilhe sua opinião sobre a recente notícia da indústria.
  • Faça uma pergunta, comentário ou cenário que desencadeie um debate.

 

  1. Postagem Recapitulada

Se você está participando de um evento interessante relacionado à indústria, deixe seus leitores se beneficiarem também.

Anote notas e use-as para escrever uma publicação de recapitulação onde você compartilha tudo o que aprendeu com seus leitores.

Deixe que eles se tornem parte do evento com você e eles vão amar.

Ideias para recapitular artigos:

  • Recapitular uma conferência.
  • Recapitular um treinamento ou seminário.
  • Recapitular um webinar que você participou.
  • Recapitular o que aprendeu de um treinador pessoal ou mentor.
  • Recapitular sua pesquisa pessoal sobre um assunto relacionado a um nicho.

 

  1. Reviews

Os reviews são uma ótima maneira de compartilhar sua opinião sobre algo que você testou.

Pode ser algo que você comprou, leu, observou ou participou. Os seus leitores valorizam sua opinião e eles apreciarão sua revisão, seja boa ou ruim.

Então, discuta os benefícios positivos e negativos. Se você estiver comparando várias opções, compartilhe as diferenças entre elas.

Se você está dando uma revisão positiva, esta é uma ótima chance de obter um link de afiliado e possivelmente ganhar algumas recompensas monetárias.

Ideias para revisões:

  • Livros e filmes relacionados à sua área de atuação.
  • Análise de ferramentas ou recursos.
  • Revisões de software.
  • Revisão de produtos.
  • Revise o post-tutorial / tutorial de outra pessoa – e melhore-o.

 

  1. Melhor da Web

Valor, valor, muito valor – é o que você pode dar aos seus usuários com uma publicação “melhor da web”. Essas postagens oferecem muita informação, recursos e links – tudo condensado em uma publicação.

Claro, eles podem exigir algum tempo e pesquisar para juntar, mas muitas vezes são rápidos e fáceis de escrever.

A melhor das postagens na web facilita a criação de relacionamentos com os proprietários de conteúdo das postagens / sites aos quais você está vinculando.

Eles também são uma maneira fantástica de dar mais acesso e tração a sua postagem.

Acesse as páginas que você fala e a maioria vai pular na oportunidade de compartilhar sua postagem.

Ideias para o melhor dos posts da web

  • As melhores postagens de blog relacionadas à sua área.
  • Especialistas na indústria, autores, professores, blogueiros que o inspiram.
  • As ferramentas / aplicativos / recursos que você não pode viver sem.
  • Quem seguir nas mídias sociais e por que.
  • Links para postagens de blog sobre um tópico específico.
  • Melhores tutoriais sobre um tópico sobre o qual seus leitores se preocupam.

 

E vocês, quais as técnicas você usa para escrever? Semana que vem tem outro artigo sobre o assunto, afinal, o conteúdo é rei!

 

8 Maneiras de Gerar Leads Com o Seu Blog

Seu blog gera leads para o seu negócio? Você ainda não sabe como? Oferecer uma recompensa apropriada e relevante em troca de informações de contato das pessoas é uma ótima maneira de gerar leads de negócios.

Neste artigo você vai descobrir oito maneiras de gerar leads com o seu blog.

Geradores de Leads?

Um gerador de lead é algo que você oferece a seus visitantes do blog na esperança de que eles em troca, dê suas informações de contato (e-mail, endereço, código postal, etc.).

Depois de ter essas informações de contato, você pode usá-lo para direcionar as pessoas com anúncios em plataformas como o Facebook, Twitter e Instagram.

8 Maneiras de Gerar Leads Com o Seu Blog8 Maneiras de Gerar Leads Com o Seu Blog

Sua oferta precisa ser algo muito interessante, com um valor (seja qual for) agregado para que eles vão querer dar-lhe suas informações. Os incentivos mais eficazes são exclusivamente adaptados às necessidades e objetivos do seu público-alvo, e fornecer gratificação instantânea.

Aqui estão alguns exemplos de leads a considerar para o seu blog de negócios.

1 – Oferecem Guias ou Relatórios Personalizados

Uma maneira de coletar leads é oferecer um guia gratuito ou relatório para download depois de preencher um formulário. Você também pode enviar automaticamente o guia ou relatório por e-mail. O brinde deve fornecer valor e conselhos práticos para o seu público-alvo.

Tarot oferece um horóscopo e relatório de perfil cósmico para os visitantes que preenchem um formulário no site da empresa. Além dos nomes dos visitantes e endereços de e-mail, o formulário também pede a sua data de nascimento para gerar automaticamente o relatório personalizado para o usuário

Oferecer perspectivas de um relatório personalizado em troca de preencher um formulário.
Oferecer perspectivas de um relatório personalizado em troca de preencher um formulário.

Ao inscrever-se, os visitantes podem obter horóscopos personalizados e perspicazes. Estes relatórios detalhados proporcionam maior valor para o público de Tarot do que os genéricos de livre leituras diárias disponíveis no site.

Empresa de publicidade online WordStream oferece a sites uma análise gratuita e relatório de avaliação comparativa em troca de seu endereço de e-mail.

Quando você gera um relatório livre personalizado, você pode usar os resultados para promover os produtos e serviços certos para as perspectivas.
Quando você gera um relatório livre personalizado, você pode usar os resultados para promover os produtos e serviços certos para as perspectivas.

WordStream também pode usar esses relatórios para oferecer produtos e serviços para clientes potenciais, como forma de melhorar sua pontuação.

2 – Conceder Acesso Exclusivo

Outra forma de gerar leads é oferecer aos visitantes acesso a um recurso valioso que melhorará algo em sua vida, como a produtividade, desempenho ou ideação.

Fitocracy é um aplicativo/plataforma on-line que atende a pessoas que tem metas de saúde e fitness. Eles construíram uma comunidade em torno de um aplicativo móvel que possui um rastreador fitness e oferece uma biblioteca fitness enorme, com vídeos de exercícios e artigos de como fazer.

Oferecer perspectivas de acesso exclusivo a conteúdos e serviços como lead.
Oferecer perspectivas de acesso exclusivo a conteúdos e serviços como lead.

O acesso é livre se as pessoas se inscrevem e se tornarem membros. Uma vez que são membros, eles podem contratar treinadores de fitness para ajudar a atender seus objetivos pessoais e se conectar com pessoas de fitness-minded apenas como uma rede social.

3 – Newsletters relevantes

Este tipo de lead é semelhante aos guias gratuitos e relatórios. A diferença é o período de tempo para o qual a oferta é de valor para o público. Você pode fornecer mais valor a longo prazo para o seu público enviando-os apostilas digitais ou atualizações do boletim de notícias em uma base periódica.

Fornecer um benefício claro para se inscrever para o seu boletim.
Fornecer um benefício claro para se inscrever para o seu boletim.

Se as pessoas preencherem o formulário acima, a Escola de Fotografia Digital vai enviar-lhes dicas de fotografia semanais e tutoriais via e-mail. O site percebe que deve tornar mais fácil para as pessoas a inscrever-se, pedindo apenas para o seu endereço de e-mail.

4 – Webinars

Um lead é a realização de seminários online gratuitos (webinars) sobre tópicos que são importantes para o seu público-alvo. Use esta oportunidade para pedir informações de todos os participantes que podem estar interessado em suas outras ofertas.

Faça webinars gratuitos sobre temas que lhe interessam seu público-alvo.
Faça webinars gratuitos sobre temas que lhe interessam seu público-alvo.

Amy Porterfield oferece um webinar gratuito em troca do nome e endereço de e-mail em um formulário de inscrição. Este webinar tem como alvo empresas que são novas no Facebook e fornece informações para ajudá-los a se levantar e correr na plataforma.

5 – Disponibilize Incentivos

Se você tem um site de compras on-line, considere oferecendo frete grátis e descontos exclusivos como uma forma de gerar leads.

A Gap oferece um desconto de compras para novos assinantes do seu boletim de e-mail. O formulário de inscrição também promove um número que os clientes podem usar se eles querem receber descontos especiais e promoções via mensagem de texto.

Oferecer descontos de compras para as pessoas que se inscreverem para o seu boletim informativo da empresa.
Oferecer descontos de compras para as pessoas que se inscreverem para o seu boletim informativo da empresa.

6 – Ofereça Free Trials

Você pode gerar leads se você oferecer uma versão gratuita de seus produtos ou serviços para clientes potenciais.

HubSpot é uma plataforma de marketing on-line para as empresas que querem gerar tráfego e leads. A pessoa ou empresa pode inscrever para um teste gratuito por 30 dias do HubSpot Enterprise e assim experimentar e avaliar as ferramentas que eles querem investir.

Fornecer um teste gratuito para perspectivas para que eles possam experimentar o produto.
Fornecer um teste gratuito para perspectivas para que eles possam experimentar o produto.

SketchUp, uma aplicação para criar imagens 3D e design, oferece aos estudantes e amadores uma versão gratuita com acesso às ferramentas básicas do software. Para baixá-la, eles precisam preencher o formulário online e fornecer um nome e endereço de e-mail.

Fornecer uma versão gratuita do seu produto em troca de informações de contato.
Fornecer uma versão gratuita do seu produto em troca de informações de contato.

7 Criar Pesquisas ou Testes

Pesquisas com clientes ou questionários são outro tipo de lead; Pesquisas com clientes são semelhantes aos questionários, mas têm uma abordagem mais personalizada.

Dê perspectivas de um incentivo para preencher inquéritos on-line.
Dê perspectivas de um incentivo para preencher inquéritos on-line.

Nestlé Canadá incentiva as mães a se inscrever para o Programa de Bebê Nestlé para obter amostras de fórmulas infantis e guias de bebê, tudo totalmente gratuito. Ele também pré qualifica mães para determinar a fase de desenvolvimento do seu filho (a gravidez, nascimento, baby sitter, rastreador, a criança ou pré-escola).

8 – Fornecer Catálogos On-line e Produtos Físicos

Outra forma de gerar leads e compreender melhor o seu público é pedir às pessoas para preencher um formulário para baixar seus materiais de vendas.

IKEA oferece aos clientes e prospects a opção de baixar uma versão online de seu catálogo ou se inscrever para ter uma versão de impressão enviado a eles. Para se inscrever para a versão impressa, os clientes precisam fornecer um endereço de e-mail e endereço. Na mesma forma, eles podem optar por receber e-mails inspiração e atualizações da empresa.

Peça perspectivas para o seu endereço de correio em troca de uma versão para impressão do seu catálogo de vendas.
Peça perspectivas para o seu endereço de correio em troca de uma versão para impressão do seu catálogo de vendas.

Natureza Habitat Adventures oferece um catálogo com Jornais que falam sobre Natureza do mundo todo, que descreve as aventuras natureza de viagem em todo o mundo. As pessoas podem ter uma versão de impressa enviada caso eles forneçam informações de contato na página de solicitação de catálogo.

Fornecer um recurso de impressão valioso como lead.
Fornecer um recurso de impressão valioso como lead.

O catálogo documenta as experiências de viagem dos conservacionistas e do trabalho que eles fazem para animais em extinção e do meio ambiente. Promover o catálogo ajuda a aumentar a consciência para sua causa.

Enfim

Há tipos diferentes de leads que você pode usar para coletar informações de contato de leads ou para construir uma lista de e-mail grande. Você pode até combinar vários leads para chegar a seu objetivo.

A parte importante é que a recompensa deve ser de valor percebido igual ou maior do que a informação que você está pedindo às pessoas para fornecer.

Uma vez que você projetou o lead, você pode usar as mídias sociais para direcionar o tráfego para a página de destino para ele. Você também pode promover seu ímã liderança com Facebook conduzir anúncios ou Twitter cartões de geração de chumbo de modo seguidores pode ser capturado em sua lista imediatamente.

O que você acha? Que tipo de lead têm proporcionado os melhores resultados para o seu negócio? Por favor, compartilhe seus pensamentos nos comentários abaixo.

Usando relatórios do Analytics para melhorar seu conteúdo II

Continuando…

Para quem não viu a Parte I, clique aqui.

Page Timing

O relatório Página intervalos mostra quanto tempo as páginas mais visitadas demoraram para carregar em comparação com o tempo de carregamento médio global para o seu site.

analytics 9

Você deve rever as páginas com um tempo de carga maior do que a média para ver quais as opções de otimização que você tem.

Sugestões de velocidade

analytics 10

Te dá conselhos detalhados do Google sobre como otimizar páginas específicas em seu site e inclui etapas para cada sugestão.

analytics 11

Sugestões detalhadas para corrigir página tempo de carregamento.

Dependendo do número de páginas que você tem em seu site, pode parecer impossível de corrigir todos os seus problemas de tempo de carga. Eu sugiro que você comece com as páginas de maior tráfego e trabalhar seu caminho para baixo na lista.

Intervalos de usuários

O relatório intervalos usuário permite medir a velocidade específica elementos em um carregamento da página e determinar se ela afeta a experiência do usuário.

Nota: Para utilizar o usuário relata intervalos, você precisa implementar o código personalizado em seu site.

Site Search

Uma das mudanças mais frustrantes para o Google Analytics nos últimos anos é a perda de dados de palavras-chave orgânicas. Felizmente, você ainda pode capturar alguns dados valiosos palavra-chave usando Site Search.

Configurando pesquisa do site de métricas para o seu site é simples. Use a caixa de pesquisa do seu site para realizar uma pesquisa em seu site, e em seguida, siga os passos no Google Analytics Ajuda para configurar Site Search no perfil do Google Analytics do seu site. Então você vai ser capaz de usar os seguintes relatórios.

O relatório pesquisa exibe as métricas globais para os visitantes que usam a caixa de pesquisa em seu site. Sob essas métricas, você pode visualizar relatórios rápidos para os termos pesquisados, categorias e páginas em que os visitantes iniciaram uma busca.

analytics 12

Uso

Divide o número de visitas onde alguém usa a caixa de pesquisa em seu site versus o número de visitas, onde a caixa de pesquisa não foi utilizada.

Você pode ver rapidamente se ter uma caixa de pesquisa aumenta ou diminui fatores como taxa de rejeição, tempo médio em seu site e conversões.

Métricas para as páginas de usuários mostra como o resultado de sua pesquisa incluem a aquisição (sessões,% de novas sessões e novos usuários), Comportamento (taxa de rejeição, páginas por sessão e duração da sessão média) e conversões com base em seus objetivos do site.

Termos de Pesquisa

O relatório da pesquisa mostra Termos palavras-chave digitadas na caixa de pesquisa do seu site. Junto com os termos, você encontrará as métricas para o número total de pesquisas,% busca saídas e detalhes adicionais sobre as visitas relacionadas com um termo de pesquisa.

Páginas

O relatório Páginas exibe as mesmas métricas acima mencionadas para termos de pesquisa, mas, neste caso, as métricas estão focadoas em páginas onde pesquisas originaram.

analytics 13

Eventos

A seção Eventos em Google Analytics permite que você acompanhe as interações específicas em seu site, como cliques em links externos, downloads de arquivos e jogos de vídeo.

Para utilizar o relatório de Eventos, você precisará configurar o código de acompanhamento do evento em seu site. Uma vez configurado, você poderá usar os seguintes relatórios.

Visão geral sobre eventos

Exibe um resumo das interações visitante você está acompanhando. Os valores são calculados com base no valor de evento especificado no código de acompanhamento do evento.

Sob essas métricas, você encontrará relatórios rápidos que mostram o número de eventos com base em categorias, ação e etiqueta (todos os quais estão especificados no código de acompanhamento do evento você configurar).

analytics 14

Melhores Eventos

analytics 15

O relatório Top Eventos exibe os eventos com a interação mais visitantes. Por exemplo, se você está acompanhando cliques de links de saída usando este pedaço de código de rastreamento evento , então você pode clicar em links de saída a partir deste relatório para ver os links específicos que os visitantes estão clicando em quando saem de seu site.

analytics 16

Cliques link externo controlado com o Google Analytics Eventos.

Seguir seus cliques de links de saídaé um recurso que ajuda a aprender o que os visitantes estão mais interessados. Esta informação é especialmente útil para os editores. Digamos que você escrever um post sobre as 50 principais ferramentas para o marketing de conteúdo. Se você perceber que um monte de pessoas clicou em uma determinada ferramenta, você pode querer acompanhar com um post sobre como usar essa ferramenta.

Melhores Eventos também é valioso para as empresas com portfólios online, tais como web designers ou escritores freelance. Vendo o exemplo une as pessoas clicam mais iria mostrar-lhe o trabalho de seus clientes potenciais como o melhor. Quando você notar um item de carteira em particular nunca é clicado, você saberá para removê-lo de seu site.

Páginas

O relatório Páginas mostra os principais páginas de onde os visitantes interagem com os eventos que você está acompanhando. Vamos voltar ao exemplo anterior de um negócio com uma carteira. Se você tiver várias páginas de carteira e você controlar os cliques de links de saída, você pode ver quais páginas portfólio não só receber o tráfego, mas também obter o máximo de cliques que seu exemplo de trabalho.

Eventos de fluxo

Exibe o caminho visitantes m seu site a partir de quando eles chegam e como eles interagem em seu evento.

analytics 17

O modo de exibição padrão mostra interações de eventos de visitantes em determinados países. Você pode alterar a exibição para mostrar evento fluxo de interação a partir de páginas de destino e outras dimensões oferecidas no menu drop-down acima da primeira coluna.

AdSense

Muitos sites usam o Google AdSense para gerar renda a partir de visitantes que clicam em anúncios publicados por anunciantes do Google AdWords. Você deve vincular sua conta do Google AdSense a sua conta do Google Analytics para usar os seguintes relatórios.

Visão geral do AdSense

O relatório AdSense Overview mostra a receita que você gerou com o Google AdSense em seu site, juntamente com métricas adicionais, incluindo taxas de cliques, a receita por mil impressões e impressões gerais.

Google Analytics adsense relatório geral

analytics 18

Páginas do Google AdSense

O relatório Páginas AdSense exibe as principais páginas do seu site que geram a receita mais AdSense para você.

analytics 19

Métricas adicionais mostram o número de anúncios clicados, as taxas de click-through, a receita por mil impressões e impressões gerais por página.

AdSense Referenciadores

Mostra os URLs de referência visitantes ao seu site que clicam em anúncios do AdSense condução.

analytics 19

Se o seu site gera receitas através de cliques em anúncios, este relatório ajuda a determinar quais as fontes de tráfego para focar para maiores ganhos.

Experiments

Permite que você realize testes A / B para ver qual página de destino variações melhor desempenho no cumprimento das metas de conversão específicas.

analytics 21

Se você deseja otimizar para metas de conversão, como o aumento de assinantes, leads e vendas, então experiiments podem ajudá-lo a aperfeiçoar suas páginas de destino para converter mais visitantes.

Google Analytics na página

O componente final da seção Comportamento, Google Analytics na página, permite que você visualize suas páginas da web, juntamente com seus dados do Google Analytics. Para usar esse recurso, você deve instalar a extensão página Analytics Google Chrome .

Além das métricas apresentadas no topo da página, você verá percentuais próximos a cada link na página. Passe o mouse sobre o link para ver a percentagem e o número de cliques no link recebe.

analytics 22

Este ponto de vista do seu site permite que você veja quais as áreas precisam de mais atenção. Se você observar que em uma determinada existem vários cliques, certifique-se que incluir links que ajudam na metas de conversão para o seu negócio.

Enfim…

Google Analytics revela muitos dados sobre como os visitantes se envolvemcom o conteúdo do seu website. Os relatórios de comportamento lhe dar uma visão em suas páginas principais e interações de eventos de topo, bem como a capacidade de melhorar suas taxas de conversão com os experimentos e Google Analytics na página.

Usando relatórios do Analytics para melhorar seu conteúdo – Parte I

Se você quer entender como funciona o conteúdo do seu site, você tem que aprender a analisar os relatórios do Google Analytics.

Para otimizar seu site, você tem que saber sobre a navegação do visitante e como ele está reagindo ao seu conteúdo.

Nesse artigo aprenderemos a avaliar o desempenho do seu conteúdo e ações dos visitantes em seu site.

Nota: Uma maneira de tirar o máximo proveito de todos os dados do Google Analytics é a criação de metas de conversão.

analytics 1

A seção Comportamento revela que seus visitantes fazem em seu site. Você pode acessar relatórios de comportamento usando o menu na barra lateral esquerda do seu painel de controle do Google Analytics. Há nove distintas seções de relatórios e ferramentas sob Comportamento no perfil do Google Analytics do seu site. Vamos mergulhar neles.

Visão geral

O relatório Comportamento Overview fornece um gráfico que mostra a quantidade de tráfego que o site recebe e métricas adicionais.

analytics 2

Veja abaixo uma breve descrição dos dados que você vai encontrar no relatório Comportamento Overview.

Pageviews -O número total de páginas visualizadas. Esse número inclui vistas repetidas de uma única página. Em outras palavras, uma única pessoa pode visualizar a mesma página várias vezes e cada ponto de vista é contado como um pageview.

Visualizações de páginas únicas – O número de pessoas que visualizaram uma página específica, pelo menos uma vez durante uma visita. Por exemplo, se um único usuário visualiza uma página mais de uma vez durante a mesma visita, apenas à vista original é contada (enquanto Pageviews gerais contar cada visita). Os únicos Pageviews conta métricas cada URL da página + Page Title combinação.

Méd. Tempo na página -A quantidade média de tempo que os usuários passam a visualizar uma página ou tela específica ou conjunto de páginas ou telas.

Bounce Rate – A porcentagem de visitas a uma única página ou o número de visitas em que as pessoas deixaram o seu site a partir da mesma página que entraram em. Por exemplo, se você visitar um único artigo ou página em um site e, em seguida, sair, isso é contado como uma rejeição e é tido em conta a taxa de rejeição.

% Exit-O percentual de usuários que sair de uma página ou conjunto de páginas.

Veja abaixo os gráficos de visão rápida e você encontrará links para os relatórios de URLs conteúdo topo da página, os melhores títulos de páginas de conteúdo, termos de pesquisa, as categorias de eventos e receita do AdSense. Iremos ver tudo detalhadamente a seguir.

Fluxo de Comportamento

O relatório Fluxo de comportamento permite que você veja o trajeto do visitante em seus site – da primeira página eles vêem para a última página que visitaram antes de sair do site.

analytics 3

Este relatório dá-lhe um guia visual para quanto tempo os visitantes permanecem em seu site e onde os visitantes acabam deixando.

Conteúdo do Site

A seção de conteúdo do site contém os seguintes relatos sobre como os visitantes se envolveem com as páginas em seu site.

Todas as Páginas

Você pode usar o relatório de todas as páginas para ver rapidamente o seu conteúdo top junto com o valor médio da receita que cada página gera. Esse relatório ajuda a determinar qual conteúdo funciona melhor em seu site.

google analytics comportamento relatar todas as páginas

O relatório Todas as páginas.

O relatório Todas as páginas mostra as principais páginas do seu site com base no tráfego, bem como pageviews de cada página, pageviews únicos, tempo médio na página, entradas, taxa de rejeição, % saída e valor da página.

analytics 4

Valor da página é o Valor da meta Transação Receita + Total dividido por visualizações únicas por página ou conjunto de páginas.

Detalhamento do conteúdo

Relatório de pesquisa de conteúdo é útil para sites que tenham subpastas, como domain.com/blog/ e domain.com/support/ ou algo similar.

Este relatório permite que você veja os melhores pastas de conteúdo do seu site e do conteúdo superior dentro dessa pasta.

analytics 5

Enquanto ele se parece com o relatório todas as páginas, a característica aqui é a capacidade de ver seções de conteúdo que está no topo, ou seja, o mais acessado.

Landing Pages

Permite que você veja as principais páginas do seu site, onde os visitantes entram .

analytics 6

Métricas para páginas de destino incluem a aquisição (sessões,% de novas sessões e novos usuários), Comportamento (taxa de rejeição, páginas por sessão e duração da sessão média) e conversões com base em seus objetivos do site.

Com esses dados você pode determinar quais páginas do seu site são mais propensos a converter visitantes em leads ou vendas.

Páginas de saída

O relatório páginas de saída mostra as últimas páginas as pessoas visitam antes de sair do seu site. Estas são as páginas que você deseja olhar para ver o que você pode fazer para manter os visitantes em seu site por mais tempo.

analytics 7

A melhor maneira de manter os visitantes em seu site é adicionar mais links para outras páginas em seu site. E não se esqueça as páginas de saída listadas têm opções de inscrição claras para que os visitantes possan receber e-mails ou facilmente seguir o seu negócio em mídia social.

Velocidade do Site

Quer saber como seu site se apresenta em termos de velocidade? A secção de velocidade do site tem relatórios cruciais que identificam áreas do seu site que você pode precisar para otimizar.

O relatório Velocidade Visão geral do site exibe um gráfico do tempo médio de carga de todas as páginas em todo o seu site.

analytics 8

Veja abaixo uma breve descrição das métricas que você encontrará sob o gráfico velocidade Site.

Méd. Página tempo de carga -A quantidade média de tempo (em segundos) que leva para carregar páginas da instauração do page view (por exemplo, um visitante clica em um link de página) para carregar a conclusão no navegador.

Méd. Redirecionamento Tempo -A quantidade média de tempo (em segundos) gasto em redirecionamentos antes de buscar uma página.

Méd. Domínio pesquisa Tempo -A quantidade média de tempo (em segundos) gasto em pesquisa de DNS para uma página.

Méd. Servidor Connection Time -A quantidade média de tempo (em segundos) gasto no estabelecimento de conexão TCP para uma página.

Méd. Response Time Server -A quantidade média de tempo (em segundos) o servidor leva para responder a um pedido do usuário, incluindo o tempo de rede de localização do usuário para o servidor.

Méd. Page Download Tempo -A quantidade média de tempo (em segundos) para o download de uma página.

Com essas métricas que você pode trabalhar para melhorar a página tempo de carga e página tempo de download através da otimização do conteúdo do seu site. Algumas melhorias que você pode fazer incluem a redução do tamanho das imagens, reduzindo o número de add-ons (widgets, plugins, etc.) usados em uma página e assim por diante.

De acordo com as métricas de velocidade do site, você verá relatórios rápidos em tempos de carregamento com base no navegador do visitante usa, a localização do visitante (país) ea página o visitante aterra em.

Continua….

Teste os títulos do seu blog com o twitter

Como você está escolhendo os melhores títulos para o seu blog? Você gostaria de uma maneira fácil de testar manchetes antes de publicar? Bons títulos levar a um maior engajamento e mais click-through. Descubra como usar o Twitter para escolher os melhores títulos para seus artigos do blog .

De acordo com a American Press Institute , 6 em cada 10 pessoas não costumam ir além dos títulos, quando se trata de notícias em uma base diária ou semanal.

As manchetes eficazes são absolutamente essenciais para o sucesso do seu conteúdo quando click-through estão na linha. Para encontrar as melhores manchetes, você precisa de um lugar para testá-los.

Enquanto o seu site, blog e mídias sociais públicas pode não ser exatamente o mesmo, a sobreposição do que os seus leitores em cada plataforma, mas os cliques podem ser maiores do que você imagina. Isso significa que as manchetes de testes em uma plataforma pode ajudá-lo a prever o sucesso ou o fracasso do outro lado outros.

teste titulos blog

O twitter oferece uma maneira rápida, fácil e flexível para testar manchetes para o conteúdo do blog. Siga os passos abaixo para começar.

Criar uma lista títulos para seu post

A primeira coisa que você precisa fazer é reunir os elementos que você deseja testar.

O teste funciona melhor quando você compara duas opções de cada vez. Para cada artigo ou parte do conteúdo que você deseja publicar, alinhe suas ideias até conseguir duas escolhas para sua manchete.

Teste de consistência

Em seguida, descubra o horário que a maioria dos seus seguidores estão online para que você possa fazer o teste em um horário que te dê um retorno mais rápido.

Quando você testar, twitte as duas manchetes com o intervalo de uma hora de intervalo para se certificar de que você limite as variáveis ​​que afetam os resultados dos testes.

Por exemplo, se você tem compromisso semelhante em dois momentos diferentes do dia, testar ambas as manchetes em um momento ou outro. Não testar uma da manhã e sua à noite.

Mesmo que as pessoas geralmente compartilhem o tweet de imediato, quanto mais tempo você tiver para coletar dados, melhor. É recomendável que você dê um intervalo de 24 horas para cada teste antes de comparar os resultados.

Analisar a resposta

É preciso ir além das métricas básicas de engajamento do twitter, para encontrar uma visão útil que mostra que título é mais indicado para gerar a atenção ou conversão de que você está precisando.

Use uma ferramenta como Bufferapp para coletar e analisar os dados relevantes.

Aqui estão as métricas Tampão me mostrou quando eu estava tentando determinar o título para o meu próximo post do blog:

Depois de usar ferramentas para monitorar seus próprios dados de teste por tempo suficiente, você vai começar a ver uma tendência de que as métricas são importantes para você. Depois disso, tenho certeza de que você consiga enxergar o precisa depois de analisar os dados dos testes.

O objetivo é ter um vencedor, quando se trata de todas as métricas disponíveis. Claro que, isto não é sempre possível.

Regra de ouro: preste atenção dobrada ao número de cliques.  Eles são pouco mais significativos do que retweets. Por isso, é preciso mais esforço para clicar e ler uma história do que para simplesmente partilhá-la com o público.

 Refina Headlines com base em resultados

Depois de determinar que headline, crie uma variação semelhante e teste novamente. Estes primeiros 4 dicas fornecer-lhe uma opção sem custo para testar os títulos do seu blog.