Brainstorming & um Guia de Brainstorming para Blog

Semana passada, eu falei de ideias do tipo de publicação que deseja escrever, é hora de se tornar mais específico e fazer com que estas ideias virem textos. Para isso vamos aprender a fazer brainstorm para blog.

Aqui estão algumas maneiras efetivas de fazer isto e um Guia de Brainstormin para Blog!

Quora é um ótimo lugar para aprender algo novo e compartilhar seu conhecimento profissional. É também a oportunidade perfeita para ver quais as questões relacionadas com sei nicho e o que as pessoas estão perguntando.

Basta digitar suas palavras-chave e ver as questões que estão em pauta. Então, simplesmente responda uma ou mais em sua postagem. Você também pode procurar em outros fóruns relacionados a seu nicho e canais de distribuição de conteúdo.

Converse com seus fãs e seguidores no Facebook, Twitter, Instagram e outros sites sociais.

Veja seus comentários e preste atenção aos problemas que estão tendo e às perguntas que eles fazem.

Você pode até visitar as páginas sociais dos seus concorrentes e tirar ideias das perguntas que seu público alvo.

Por que começar do zero sempre que você pode construir em cima do que você já possui?

Olhe para as suas postagens de blog antigas, postagens em todas as redes sociais e veja se há algo que você pode reutilizar ou adicionar algo a mais.

Talvez seja um conteúdo que agora esteja desatualizado e que precise ser revisado, ou um excelente conteúdo que se perdeu ou está esquecido. Estou precisando fazer isso aqui no site e em breve farei e espero que vocês também façam:

Digite-o, revise-o, reescreva-o ou use-o como um trampolim para novas postagens.

 

Se você já tem algumas postagens em seu site ou blog, volte e veja os comentários.

O que os leitores estão perguntando? Quais postagens estão recebendo mais comentários?

Desenhe essa informação para determinar o que mais os leitores querem saber.

Também não se esqueça de olhar para as postagens que receberam muitos comentários positivos. Se os leitores expressaram interesse, esta é provavelmente uma ótima chance de expandir e construir sobre o assunto.

 

Quem diz que você não pode se inspirar nos livros?

Veja seus livros relacionados ao seu negócio e veja quais os tópicos que eles abordam.

A tabela de conteúdos geralmente é o local perfeito para iniciar sua busca e obter algumas ideias.

 

Se você escreveu artigos para outros sites, não perca seu trabalho.

Retrabalhe o que está escrito nestes blogs, cria algo novo a partir desses artigos e use em seu site/blog.

No entanto, se você enviou uma postagem como convidado, há pouco tempo, espere algumas semanas antes de publicá-lo em seu blog. Você não quer sua competindo com a publicação original.

 

Fique atento aos blogs e conversas iniciadas por seus concorrentes.

Afinal, as chances são de que você tenha o mesmo público-alvo e quem sabe, até os mesmos leitores, por que não aprender algo de suas experiências positivas e negativas?

Analisar a escrita do seu concorrente pode te dar uma imagem clara do real interesse dos seus clientes.

Uma boa maneira de manter um olho nesses blogs é com ferramentas como o Google Alerts ou o BuzzSumo.

 

Fique atento a esses e-mails das suas campanhas que obtiveram maior sucesso. Preste atenção especial às taxas de clique. Essas taxas podem indicar um tema convincente e muitos cliques são um sinal de que você o apresentou bem.

Agora, pegue esses e-mails e os aumente. Faça uma postagem mais completa em seu blog.

 

Aprenda com os profissionais procurando sua própria inspiração em bastidores de revistas ou em jornais.

Que tipo de recursos que atraem seu interesse?

Pegue-os e se adapte ao seu blog.

Lembre-se, a adaptação não significa plagiar. Isso significa inspirar-se em uma manchete rápida ou um editorial espirituoso, estudando a estrutura e aplicando-a ao seu próprio trabalho.

 

Uma das melhores maneiras de gerar ideias de postagem no blog é fazer uma pesquisa para as palavras-chave do seu negócio em vários sites de marcadores sociais.

Aqui estão apenas alguns que você pode pesquisar:

  • Pinterest
  • Reddit
  • Tumblr
  • StumbleUpon
  • ScoopIt

Em seguida, ordene os resultados com base na popularidade e veja quais são os melhores.

Artigos com o máximo de buzz são excelentes fontes de conteúdo para reimaginar seus próprios canais de marketing.

 

Se você ainda não dá a seus leitores a oportunidade de falar e fazer perguntas, isto tem que mudar!

Incentive seus assinantes a responder seus e-mails com perguntas, comentários, avaliações de produtos, serviços ou qualquer outra coisa que tenha relevância para você.

Não só isso ajudará a fortalecer seu relacionamento com esses assinantes, mas isso irá ajudá-lo a obter informações valiosas sobre o que eles pensam

 

Conversa com os clientes da sua loja. Ligue para seus clientes mais leais para entrevistas. Defina cartões de comentários para obter feedback.

Tenha conversas com familiares e amigos que não conhecem seu negócio.

Compare sua perspectiva contra o feedback de seus clientes e faça uma conclusão.

Claro, todas essas ideias são especialmente eficazes para empresas locais, mas também podem trabalhar para um negócio on-line.

ENFIM…

Brainstorming para tópicos do blog pode ser difícil no início. Mas vocês viram que há inúmeras maneiras de gerar ideias e cada processo é uma fatia do seu bolo.

Agora você tem uma boa ideia sobre o tipo de publicação que deseja escrever e de também onde tirar ideias.

O próximo passo é criar o suas próprias ideias.

Então, pegue a folha de trabalho abaixo e responda cada uma das perguntas.

 

Depois de terminar, você terá tópicos de blog suficientes para durar um ano por ano!

 

Baixe seu Guia de Brainstorm para Blog aqui! 

Comments

comments

Luh Guedes, Graduada em análise de sistemas pela UNA, Especilista em Marketing Digital e Produção de Conteúdo pela Rock Content e Inbound Marketing pela Hubspot.

Author: Luh Guedes

Luh Guedes, Graduada em análise de sistemas pela UNA, Especilista em Marketing Digital e Produção de Conteúdo pela Rock Content e Inbound Marketing pela Hubspot.

Sem comentários

(Required)
(Required, will not be published)