5 perguntas para melhorar seu conteúdo

Como melhorar seu conteúdo?

Todos mundo que cria ou gerencia conteúdo já ouviu a famosa “O conteúdo é o rei!”.

Todo profissional de marketing digital ou influenciador fala esta frase. Mas cá entre nós, isso é uma verdade incontestável.  E tem como melhorar seu conteúdo? Sempre!

A maioria dos blogueiros é apaixonado por conteúdo – por isso a maioria começou com um blog. Mas eles não piram para fazer conteúdo, eles simplesmente encontram maneiras de melhorar o conteúdo que já foi apresentado ao publico.

Se você está começando um blog agora, pode ser que tenha algumas dificuldades. Por exemplo, não saber que tipo de conteúdo vai fazer o blog se destacar. Por outro lado, toda informação que você recebe, pode acabar virando distração, que acaba com seu tempo e recursos.

Então, quando se trata de conteúdo para blog, se pergunte:

O meu blog é muito rápido e fácil de usar?

Antes de começar a falar sobre conteúdo, tenha em mente o seguinte:
A qualidade do seu conteúdo não será suficiente para salvar um blog mal projetado ou lento para carregar.

Se seu site ou blog demora muito a carregar, as pessoas desistirão de ler seu conteúdo e voltarão para o Google. Depois que a página for carregada, seu visitante precisa ver imediatamente o que está procurando ou irá desistir.

E, claro, isso tudo pressupondo que seu blog está sendo encontrado através de pesquisas.

5 perguntas para melhorar seu conteúdo - site

Que fique claro, se ele não estiver indexado e otimizado para os mecanismos de pesquisa, você terá muitos problemas para exibir seu conteúdo para as pessoas que ele criou para ajudar a informar e entreter.

Você precisa ter um site sólido se quiser que seu conteúdo tenha um bom desempenho. Tudo, desde a avaliação adequada de suas opções de domínio até o aproveitamento de um poderoso sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) – provavelmente o WordPress – tem um impacto sobre o desempenho do seu blog.

Meu conteúdo é original?

A publicação de conteúdo duplicado e não original é péssimo para sua reputação.

Primeiro, o Google irá penalizá-lo em seus rankings de busca. Seus bots rastejam na web todos os dias e catalogam tudo.

5 perguntas para melhorar seu conteúdo - conteudo original

Se o seu artigo, ou grande parte do seu conteúdo aparecer em outro site, o Google poderá penalizar o seu conteúdo como plagio, cópia…

Além disso, se o autor original descobrir, você pode encontrar uma solicitação de retirada em seu e-mail, ou pior. Você pode ser processado!

Às vezes, pessoas desavisas, que estão começando, publicam conteúdo duplicado de forma não intencional. Sim, acontece. Você recebe um release, acha bacana, copia e ola no seu blog. Coleguinhas, não façam isso! Reescrevam, com sua cara, do seu jeito! Deixe esse conteúdo original e com sua marca.

Existem inúmeras razões técnicas para que o conteúdo possa ser duplicado inadvertidamente no seu site. Não importa como isso aconteceu, o Google vai descobrir e o tráfego do seu site vai sofrer.

Mas a penalidade real virá de seus leitores. As pessoas não lerão algo que já leram em outro lugar. E postar versões reescritas do conteúdo de outras pessoas não fará você se destacar.

Você precisa escrever um conteúdo que faça seus leitores voltarem, procurando mais. Então, se o conteúdo que você escreveu lembra muito de algo que você já viu antes, você deve trabalhar mais nisso.

Ainda assim, você deve reconhecer que seu conteúdo não existe no vácuo. Você pode precisar de ajuda de outras pessoas para ajudar no seu ponto de vista. Mas meu caro, minha cara, dê crédito ao coleguinha. Coloque o link do artigo dele! Dê os devidos créditos.

Você está usando títulos sensacionais?

Os títulos devem conter duas características chave: provocar emoção e aguçar a curiosidade humana. Isso é o suficiente para aumentar as taxas de cliques dos artigos.

Para escrever títulos sensacionais, leia 6 passos para escrever os melhores títulos.

6 Passos para Escrever os Melhores Títulos - revise seus títulos favoritos - blog

As primeiras palavras que as pessoas lêem em seu conteúdo – geralmente o título – são cruciais para o sucesso do seu conteúdo. Escrever títulos fortes é uma das estratégias que você deve usar para aumentar o número de leitores.

Você pode escrever títulos fortes, instigantes ou apenas provocativos e ainda ver resultados. O que quer que você escolha, você deve lembrar que aquelas poucas palavras são provavelmente as palavras mais importantes em seu conteúdo.

Como o leitor se beneficiará do meu post no blog?

Se você quiser garantir que seu conteúdo seja de alta qualidade, comece a considerá-lo uma forma de entrega de valor. Seu público vai “perder” tempo lendo seu conteúdo. O tempo que eles gastam é um investimento, então faz sentido que eles ganhem algo para isso.

Tudo começa com a definição do público alvo do seu blog. Quais são as necessidades do seu público? O que eles precisam e como você pode usar sua experiência pessoal para ajudá-los?

“Quando o leitor chega na sua página, você não pode dar qualquer desculpa para apertar o botão” Voltar “no navegador.” – autor desconhecido

Meu conteúdo é fácil de ler e digerir?

Finalmente, você deve entender como as pessoas leem conteúdo. Quando a pessoa se depara com um texto, ela pode desistir de lê-lo, quase que imediatamente.

Você pode fazer muitas coisas diferentes para quebrar a monotonia do seu texto. O objetivo aqui é aumentar significativamente a legibilidade e o apelo do seu conteúdo.

Você pode usar coisas como subtítulos para dividir seu conteúdo em partes gerenciáveis. Melhor ainda, você pode usar fotos para dar aos seus leitores uma outra forma de ver seu conteúdo. Sua escolha de fonte também pode fazer a diferença, assim como o design geral do seu blog.

Fazer essas perguntas depois de escrever um conteúdo ajudará você a obter insights sobre sua redação, seu blog e seu público alvo. Eles não fazem mágica e criam conteúdo de alta qualidade para você. Mas eles vão colocar você na direção certa. Muitas vezes, isso é tudo que precisamos.

É isso pessoal!Espero que eu tenha ajudado vocês e aceito dicas para melhorar meu conteúdo! Deixe sua opinião nos comentários!

6 Passos para Escrever os Melhores Títulos

Como escrever os melhores títulos?

O que impedirá as pessoas de lerem o seu post no blog?
Conteúdo chato?
Falta de clareza?
É um design de site ruim?
Você sabe a resposta?
Você acha que nenhum dos itens acima? Então….  Você está certo.
Sim, os problemas acima podem impedir os leitores de ficarem em seu site. Porém, nada daquilo impede que as pessoas leiam o que você escreve.
Se você quer atrair a atenção, então tem uma coisa você deve fazer: escrever títulos sedutores. Porém, não é qualquer título que você precisa escrever. São títulos que exigem atenção, obrigam as pessoas a agir de alguma forma e geram grandes quantidades de cliques.
Seu título é a primeira coisa que as pessoas vão ler. É a isca que você usa para atrair os leitores.
Se seu título não atrair a atenção do leitor ou aguçar a vontade de continuar lendo, então…. Eles seguirão em frente.
O que torna um título irresistível? Você já se perguntou por que alguns títulos são melhores que outros? O que torna alguns irresistíveis e outros fracos?
Mais importante, alguma vez sonhou em realmente escrever títulos que conquistam as pessoas?
Felizmente, existem algumas regras que podemos aprender para fazer um título “matador”. Isso vai envolver você, o Feedly e cerca de 90 minutos do seu tempo.
São 90 minutos do seu tempo que valerão a pena. Agora, se você quer aprender como escrever títulos com métodos que você ainda não experimentou… Continue lendo o artigo. Vamos começar!
Leia também algumas dicas para escrever melhor aqui.

1. Defina seu público

Quem se beneficiará mais com sua mensagem?
6 Passos para Escrever os Melhores Títulos - publico
Identificar as pessoas que você deseja influenciar com sua mensagem ajudará você a responder às perguntas deles. Também fará com que você concentre seus esforços e a garanta que seu conteúdo entre em sintonia com eles.
Você precisa conhecer seus leitores ideais.  Vai desdes a escolha de palavras, uso de gírias e preferência de humor… Há muitas coisas sobre seus leitores que você precisa saber. Essas informações ajudarão você a escrever títulos que atrairão a atenção das pessoas para as quais você está escrevendo.
Etapa de ação: pense em 1-3 pessoas que você deseja alcançar com sua mensagem.

2. Inscrever-se em 100 blogs

Ok, quais blogs seu público-alvo lê?
Agora, faça uma conta gratuita no Feedly.
Em seguida, siga 50 blogs que seu público alvo lê.
Se você não sabe mais de 10, pesquise os principais blogs nas categorias do seu nicho. Por exemplo, você pode pesquisar “melhores + marketing + blogs” para ter uma ideia dos principais blogs de marketing.
Se você for realmente usar o Feedly, poderá fazer upgrade em sua conta para obter a “Pesquisa avançada” e ajudar a encontrar blogs, mas não é necessário para essa etapa. Na verdade é necessário paciência para pesquisar. Mas se você escreve, então esse é um pré requisito, “neah”?
Eu não recomendo seguir mais de 50 blogs em seu nicho. Afinal, você precisa saber o que está acontecendo pelo mundo, em outras áreas. Não pode apostar em uma carta só. 😉 Fica a dica!
Escolha blogs que lidam com política, ciência, história, SEO, escrita, ficção, religião e notícias, etc.
Para este último grupo de blogs, você pode realmente escolher o que quiser. Para mim, tenho blogs em minha conta sobre marketing, umbanda, exercício, escrita e cachorros.
Por que selecionar uma variedade de blogs é importante?
Fique ligado. Vou explicar “mais tarde”.
Etapa de ação: inscreva-se em 100 blogs

3. Analise os títulos dos artigos de cada blog

Prepare-se, porque é aqui que achamos o caminho para o porte de ouro o final do arco-íris. Não, não é apenas seguir o arco-íris!
Vá para sua conta do Feedly e clique em “Todos” no canto superior esquerdo. Isso fornecerá uma lista de todas as postagens mais recentes dos blogs/sites que você segue.
Escrever títulos melhores existe dedicação. Eu não disse que ia ser fácil, bom, pelo menos no começo.
Se você selecionou 100 blogs, você deve ter centenas de títulos para analisar.
Quando estiver pronto, comece a ler os títulos.
Ao se deparar com títulos de que você gosta, sinalize a postagem para “ler mais tarde”.
Tente não avaliar a manchete… Use seu instinto. E se você precisar, faça notas. Use Evernote, papel, bloco de notas… Qualquer coisa que você precise para manter o controle de seus pensamentos.
Você vai escrever títulos melhores com essas dicas.
Etapa de ação: marque 50 postagens como “lidas depois”.

4. Revise seus títulos favoritos

Depois de analisar todos os títulos, clique em “Ler mais tarde” no canto superior esquerdo do seu Feedly.
Comece a ver as postagens que você gostou e pense no por quê.
Foi provocativo?
Era uma pergunta?
Houve algum elemento de urgência envolvido?
Foi ultra específico?
O título era simplesmente estranho?
6 Passos para Escrever os Melhores Títulos - revise seus títulos favoritos
Ao refletir sobre os títulos que você salvou, prepare-se para anotar seus insights.
Etapa de ação: registre suas respostas.

5. Procure padrões

Depois de ler 20 a 30 títulos, você verá padrões óbvios surgindo.
O que você você anotou no último passo?
Você achou que o título transmitia um senso de urgência, especificidade e utilidade?
Ou o título apelou para o seu senso de intriga, interesse próprio e curiosidade?
Não há método errado ou certo nesta etapa. Depois de ler vários títulos, você observará temas comuns que podem ou não funcionar para você, o que nos leva ao nosso último passo.
Etapa de ação: Anote os padrões que você observou em suas manchetes favoritas.

6. Teste seus títulos

Agora que você está ciente dos padrões que chamaram sua atenção, então chegou a hora de testá-los. Isso significa que você precisa começar a escrever títulos para suas postagens que incorporam esses padrões, publicar suas postagens e acompanhar seus resultados.
O que você deve acompanhar?
Simples.
Veja se você pode observar um aumento nas métricas comuns que você observa. Acompanhe o número de pessoas que lêem sua postagem, comentam e compartilham nas redes sociais. Isso ajudará você a ver o que funciona e o que não funciona para você.

Sua vez!

Tenho certeza de que este exercício fornecerá uma sólida compreensão do que é preciso para escrever os melhores títulos. Títulos que chamam atenção.
E também sei que quanto mais você colocar em prática as regras aprendidas aqui, mais fortes serão seus títulos e mais sucesso você terá em seus textos.
Em breve volto com mais lições. Afinal, não adianta ter um título perfeito, se você não entregar um conteúdo de prenda atenção do leitor.
Enfim,  me conte quais regras você daria para este artigo? Estou ansiosa para ler os comentários de vocês.

Home Office: Aplicativo para Produtividade

Home Office_ Aplicativo para Aumentar sua Produtividade - capa blog
Existe aplicativo para tudo atualmente. Então, chegou o dia de falar de home office e dos meus queridinhos: os aplicativos para produtividade.
Se você não viu os outros artigos da série, leia Como Melhorar sua Organização e Aumentar sua Produtividade.
Todos sabem que sou amante  do papel, porém tenho vários “crush’s”  no quesito aplicativo. Confesso, já fui quase a louca do aplicativo, entretanto,  hoje me contenho. Tento ter apenas o necessário, que já não são poucos.
O assunto em pauta hoje é produtividade, então vou listar os aplicativos que uso e os mais indicados por amigos e freelancers.
Vamos começar?

Aplicativo para Produtividade

 Trello

O Trello ficou no topo da lista. A maioria das pessoas usam e amam. Ele é ótimo para organizar tanto trabalho em equipe quanto solo.
Ele também tem funcionalidades que gosto muito, como o calendário e o checklist dos cartões. Como não amar né gente?

Como o trello funciona:

Ele trabalha com quadros e listas, assim como o método Kanban (Leia sobre as Técnicas de Produtividade).
Dentro dos quadros você pode criar listas e dentro das listas os cartões de tarefas. Dentro dos cartões você verá inúmeras funcionalidades, como checklist, data de entrega, etc.).
Cada quadro pode ter várias listas.
Se você, que assim como eu, trabalha sozinho, pode criar uma lista para cada cliente, com data de entrega e fazer um checklist em cada cartão.
Assim como, pode criar times dentro dos quadros e das listas, compartilhando assim o trabalho com seus clientes ou parceiros.
Uma outra funcionalidade importante, são as extensões que você pode adicionar ao Trello.  Como por exemplo integrar com o Wunderlist, Dropbox, Google Drive e mais.
Enfim, há várias maneiras de se trabalhar com o trello e suas funcionalidades são incríveis. Ele é meu xodózinho atual.
Caso você queira se aprofundar um pouco mais no Trello, veja esse Tutorial completo que eles disponibilizaram.
Entretanto, se você gosta de vídeo, aperte o play:

Asana

O Asana assim como o Treelo, também foi muito mencionado entre os colegas freelancers. Eu particularmente não conhecia.
O que você pode fazer nele?
  • Adicionar colaboradores
  • Acompanhar projeto
  • Áreas de trabalho múltiplas.
  • Atribuir tarefas
  • Colocar data de entrega de cada tarefa.
  • Tags
  • E o melhor de tudo, você visualisa em tempo real.
  • Fazer comentários nas tarefas.
  • Receber aviso por e-mail das alterações feitas.
  • Acompanhar tudo em tempo real.
As semelhanças entre ele e o Trello são muitas, porém, os nomes de funções são diferentes. Vou deixar abaixo um vídeo, feito pelo Pedro Junqueira, para vocês conhecerem melhor o Asana.

 

Microsoft Project

É um aplicativo muito utilizado na gerência de projetos e tem inúmeros recursos. Porém eu acho um aplicativo, ou ferramenta, mais robusto.
Entretanto, através dele você pode planejar e controlar seus projetos, sejam eles simples ou complexos.
Com o Microsoft Project você pode:
  • Adicionar tarefas em sequência lógica. (por ordem de prioridade ou complexidade).
  • Gráfico de Gantt – apresenta um cronograma que é ligado às tarefas e etapas do projetos.
  • Decomposição de tarefas – Você pode dividir as tarefas do projeto com outras pessoas da equipe.
  • Chat – Você pode falar com outras pessoas envolvidas no projeto online.
  • Relatórios burndow – Deixa você a par do trabalho que já foi feito, do que está pendentes e isso te dá um controle de tempo melhor.
Home Office Aplicativo para aumentar a sua Produtividade Microsoft Project
 Acho ideal para projetos grandes e em equipe. Porém, não vejo necessidade para quem trabalha sozinho. Mas como foi citado em minha pesquisa, não pude deixar de falar dele.

Todoist

Mais um gerenciador de tarefas.  Neste aplicativo, assim como nos outros, você também pode criar projetos e incluir tarefas básicas do seu dia a dia. Como uma lista de compras, pro exemplo.
Assim como o Trello e Asana, você pode acessá-lo via web, desktop, tablet, celular, etc.
Enfim, ele e quase todos os outros, estarão sempre na palma da sua mão.
Home Office - Aplicativo para aumentar a sua Produtividade - Todoist
Com o Todoist, você pode:
  • Capturar e organizar afazeres em sua lista de tarefas.
  • Estipular prazos para cada tarefa.
  • Lembrar de prazos importantes e criar hábitos duradouros com datas recorrentes como “todos as segundas segunda-feira”.
  • Delegar tarefas e enviar recados às pessoas em seus projetos compartilhados.
  • Destacar as atividades mais importantes do seu dia com níveis de prioridade codificados por cores.
  • Ter uma visão geral de suas realizações diárias e semanais com gráficos de produtividade personalizados.
Ele tem a interface clean e fácil de ser usada. Acho bem válido também.

Favro

 O Fravo é gringo,  porém é pago. Você pode fazer o teste gratuito por 14 dias. Já perdeu ponto comigo por ser pago, mas tem suas qualidades.
Você pode criar projetos, tarefas e ainda ver o progresso dos mesmos.
Ele vem com suporte embutido para Kanban, Scrum e muito mais. Um fato interessante é que ele é totalmente personalizável. Assim como o fato de ele ter sido arquitetado para todos os tipos de projetos. Sejam eles grandiosos ou pequenos.
As equipes têm a flexibilidade de planejar as tarefas da maneira que desejam, e os gerentes podem, de forma transparente, visualizar muitas equipes e projetos juntos.
Um outro ponto positivo é que ele possui relatórios. Com ele, você pode acompanhar o progresso de cada projeto.

Slack

Bom, para começar o aplicativo não é conhecida como gerenciadora de tarefas e sim de comunicação. Quando li a descrição achei estranho, mas depois vi que é muito parecido com os outros.
Com o Slack, você pode:
  • Criar times.
  • Criar canais ( projetos ou quadros como são chamados nos outros aplicativos)
  • Se você trabalha com equipe, tem a opção de mandar uma mensagem direta para ele, eliminando mais um e-mail na sua caixa.
  • Marcar reuniões.
  • Chamada de voz.
  • alteração de status (você pode se mostrar online ou não para as equipes)
  • Compartilhar arquivos.
O Viver de Freela fez um tutorial completíssimo sobre o slack:

Evernote

Você pode usá-lo como aplicativo de anotações ou como gerenciador de tarefas. Ele é um dos que uso, mas apenas para escrever textos, porém, com certeza auxilia na minha produtividade. Eu tenho opção de salvar notas por assunto, cliente, datas, etc.
Nele eu posso usar cadernos, notas e bilhetes. Eu uso um caderno para cada cliente e dentro do caderno tenho notas e bilhetes. Sejam eles textos de blogs ou mídias. Então fica bem organizadinho e acessível.
Mais um diferencial, é que suporta áudio. Você pode salvar os áudios de uma reunião ou palestra.
Você também pode salvar links externos, e-mails, capturas de tela, imagens, etc.
Eu uso o Evernote como apoio do Trello.
Veja esse tutorial da Escola de Negócios:

PRIMA ERP

Outro ponto importantíssimo: Quanto tempo você gasta em cada projeto?
Como calcular sua hora por projetos?
Existem aplicativos para isso também. Eu atualmente uso o PRIMA ERP  para gestão de horas.
Eu “bato ponto” de entrada e saída de cada projeto. Assim no fim do mês ou do projeto, sei quantas horas eu utilizei trabalhando nele.
Então quando chega um pedido de orçamento, sei calcular mais ou meno a quantidade de horas que irei gastar nele. E, por outro lado, também sei as horas gastas trabalhando durante o mês.
Vejam como funciona:

Bom, além desses aplicativos, você não pode se esquecer das técnicas e também de bloquear as notificações do seu celular e/ou notebook enquanto estiver trabalhando.
Estipule um tempo para ver, responder e enviar suas mensagens.
E você, qual aplicativo usa para se organizar e aumentar a sua produtividade?

5 táticas de marketing digital que aumentarão suas taxas de conversão

5 táticas de marketing digital que aumentarão suas taxas de conversão
Como usar o marketing digital para aumentar suas taxas de conversão?
A mídia social é uma das ferramentas de geração de leads mais poderosas disponíveis atualmente. O problema é que o tempo e o trabalho nas mídias sociais nem sempre se traduzem em leads reais.
Mas, é fato que, o marketing de conteúdo custa 62% menos do que o marketing tradicional. E gera três vezes mais leads, aumentando assim as taxas conversão.
Está na hora de transformar todo seu trabalho em resultados.
Se você estiver usando sempre as mesmas estratégias e estiver frustrado com o fato de seu conteúdo de mídia social não estar convertendo…. Então leia este artigo até ofim!

5 táticas de marketing digital que aumentarão suas taxas de conversão

1. Você não diferencia sua marca pessoal

Se você não sabe o que diferencia sua marca da concorrência, como espera que seu público entenda?
A mídia social é uma forma te dá a oportunidade de expressar de forma única. Então, antes de começar a ler esse artigo, pense sobre isso assim.
Seja você um empreendedor, um pequeno empresário ou um gerente de marketing, você é um reflexo do negócio.
E em um mundo online e abarrotado de informações, posicionar sua marca pessoal como especialista só vai ajudar. Não se preocupe, isso não vai prejudicar a visibilidade da empresa.
Você precisa representar a você e também a marca, estendendo a confiança de um para o outro.
Fazendo isso e criando conteúdo que atinja seu público, tudo ficará mais fácil.
Você não vai mais dar tiro no escuro, seu público vai dizer a você o que quer. Como você vai conseguir aumentar sua taxas de conversão, se você não tem um objetivo?
Mais do que isso, eles se conectam com você de uma maneira pessoal.

  2. Seu conteúdo não atende a pergunta “O que posso fazer por você?”

Os consumidores não têm tempo para analisar seu conteúdo por horas ou mesmo minutos.
Eles estão se movendo em um ritmo acelerado. E têm apenas alguns segundos para pesquisar, interagir e decidir com qual empresa eles se conectarão.
5 táticas de marketing digital que aumentarão suas taxas de conversão - Neil Patel
Fonte: Neil Patel
É por isso que é fundamental encontrar uma maneira de capturar a atenção deles logo de cara. Para fazer isso de forma eficaz, você precisa responder a pergunta: O que eu posso fazer por você?
Primeiro, tenha claro qual problema você está resolvendo e como vai crirar um resultado positivo para seu público.
Em seguida, certifique-se de incorporar sua resposta em todos os conteúdos, incluindo suas conversas online.
E, finalmente, garanta que todas as suas postagens e interações diárias sejam simples, com um claro apelo à ação.
Não deixe seu cliente em potencial adivinhando o que sua empresa oferece.
Lembre-se, as taxas de conversão, dependem do que você oferece a seus leads.

  3. Você não tem criatividade

Se o seu conteúdo de mídia social é chato e sem vida, seu tráfego, leads e vendas vão sofrer.
Seja criativo e faça todo o conteúdo gritar por VOCÊ!
 5 táticas de marketing digital que aumentarão suas taxas de conversão - criatividade
Quando você adiciona criatividade e originalidade, você ganha insights para seu público em:
  • Quem é você
  • Como você ajuda
  • Por que você faz o que faz
As pessoas não querem fazer negócios com um estranho, especialmente um que seja desagradável e chato.
Eles querem se conectar com pessoas que conhecem, gostam e confiam.
Crie conteúdo que seja atraente de maneira criativa e fale a linguagem do seu público.
A criatividade ajudará a adicionar um novo nível de personalidade e a tornar seu conteúdo exclusivo!

  4. Seu conteúdo não educa

O objetivo das mídias sociais nunca deve ser simplesmente enviar spam ao seu feed com conteúdo promocional.
Fale sobre as coisas que mais importam para o seu público, criando intrigas e conscientização através de conversas.
Não sabe o que falar?
Pergunte a si mesmo: existe uma pergunta que seus clientes perguntam repetidamente? Encontre uma maneira de responder.
Você pode transformar isso em um novo artigo do blog, uma dica rápida, um podcast ou um breve tutorial em vídeo.
E com isso, você vai conseguir o que? Aumentar suas taxas de conversão!  😉

  5. Você está muito lento para responder ou acompanhar

Não perca oportunidades! Portanto, responda rápido!
Pense nisso: seu cliente em potencial reservou um tempo para entrar em contato com você, com um problema ou pergunta.
Sendo assim, se você não responder de maneira oportuna, ele não se achará especial. Não se esqueça, marketing digital e mídias sociais, são sobre relacionamento.
Coloque em prática um plano para abordar rapidamente suas dúvidas e um sistema para acompanhamento após o contato inicial.
E lembre-se … nunca deixe uma pista sair do seu radar. Ao fazer isso, você está deixando a decisão de um cliente em potencial ao léu.
Em vez disso, alimente os detalhes adicionais do seu lead e incentive-os a seguir em frente com você. Seu acompanhamento pode vir na forma de um telefonema, tweet, e-mail, reunião presencial ou qualquer meio de comunicação apropriado.
Mas sempre, sempre, sempre – acompanhe seu cliente.

 Enfim….

O conteúdo é uma ótima maneira de comunicar,  transmitir seus pensamentos e ideias. Mas nem todo conteúdo é criado da mesma maneira.
Crie conteúdo para seu público e sua jornada em mente. Portanto, você tem que analisar:
O que é preciso para criar consciência, nutrir essas relações e ativá-las?
O que eles precisam saber para tomar uma decisão educada?
Concentre-se na criação de conteúdo que atinja cada aspecto do funil de marketing. Sendo assim, inspire-os, incentive-os, envolva-os.
Dê a eles todos os motivos (e depois mais alguns) para dar o próximo passo com o seu negócio. Dessa forma, você criará um bom relacionamento com seu público.