12 Dicas Para Deixar Seu Conteúdo Inovador

Seu recurso online mais importante é seu conteúdo. Atrai clientes e incentiva novos clientes a te seguir. No entanto, a criação de conteúdo atraente que envolve o seu público e os inspira a compartilhar com sua comunidade pode não ser fácil.

Se você está escrevendo para o seu blog ou para sua mídia social, as ideias abaixo ajudarão você a escrever conteúdo inovador e atraente e que seja compartilhado! Vamos começar?

  1. SEJA CLARO EM SEU VALOR E INTENÇÃO

Quer se trate de web ou marketing off-line marketing que fala sobre seu negócio, o valor que oferece e a intenção por trás não só educa potenciais clientes, mas também lhes permite tomar decisões mais rápidas.

Comunicar com clareza a intenção arma as pessoas com informações necessárias para decolar “sozinho”, movendo potenciais obstáculos de tomada de decisão fora de seu caminho. (Gary Klein)

  1. ANALISE SEUS CONCORRENTES

Ao escrever conteúdo para o seu negócio, considere analisar sobre o que seus concorrentes estão escrevendo. Você pode usar, por exemplo, o www.Alexa.com, que identifica quais sites recebem melhor tráfego dentro do seu nicho.

Visite cada um dos seus sites e analise o conteúdo compartilhado e se pergunte: O que funcionou, o que não funcionou, e como eu posso melhorar?

BuzzSumo é outra ótima maneira de verificar estatísticas e compartilhamento social.

“Se você quiser fazer sua própria análise, agora você pode fazer isso com a última versão do BuzzSumo. Eles têm parceria com a Majestic e agora mostram o número total de links de domínio ao lado do total de ações para qualquer artigo. Isso fornece uma visão mais detalhada de como o conteúdo está sendo ampliado e você pode ver para qualquer tópico ou domínio o conteúdo que gera ações, o conteúdo ganhando links e o conteúdo raro e mágico que alcança ambos”.

  1. CONHEÇA O SEU LEITOR

Entender quem é o seu leitor e que tipo de conteúdo eles acham valioso fará a criação mais fácil.

Comece criando uma personalidade do cliente. Descreva como seu leitor se parece, o que ele faz e por que eles iriam precisar de seu produto ou serviço.

  1. USE AS IMAGENS A SEU FAVOR

As imagens são uma excelente maneira de atrair leitores para o seu conteúdo. Se eles são engraçados, dramáticos ou atraentes, certifique-se que eles são consistentes com o seu negócio ou marca.

Conte sua história através de imagens adicionando designs personalizados à sua postagem no blog. Em seguida, coloque-os no Pinterest, compartilhe-os no Google+, no Facebook e no Twitter.

93% da nossa comunicação é visual e é muito importante que você entenda bem e compartilhe a mensagem apropriada com seus recursos visuais. No fluxo superlotado de mídia social e marketing de conteúdo, cada pedaço de conteúdo representa quem você é e o que você faz.

  1. CRIAR TÍTULOS ATRAENTES

Os títulos de seus artigos e postagens podem determinar se as pessoas clicam, leem e/ou compartilham.

Seja criativo e mantenha sempre o usuário final em mente. Saiba que conteúdo se conecta com seus clientes potenciais e o título chame atenção.

  1. ESTRUTURA CORRETA DO CONTEÚDO

Se você está postando em seu blog ou sites de mídia social, a estrutura adequada é fundamental. Dê uma olhada em seus últimos posts – eles eram fáceis de ler?

Em suas postagens de blog, considere o uso de listas. As listas são digitalizáveis ​​e fáceis para aqueles que se deslocam rapidamente através da Internet para analisar rapidamente o seu conteúdo.

Com seus posts de mídia social, considere mantê-los curtos, mas emocionante. Incentive a conversa fazendo uma pergunta ou oferecendo seus pensamentos em torno de um tópico específico.

  1. FORMAR CONEXÕES SIGNIFICATIVAS PARA CONSTRUIR SUA MARCA PESSOAL

À medida que você começa a criar conteúdo, lembre-se de que os relacionamentos são o núcleo para conseguir essa informação compartilhada.

Construir confiança formando conexões saudáveis ​​atrairá pessoas para você e seu conteúdo.

  1. COMPARTILHE HISTÓRIAS DE SUCESSO

Cada negócio tem uma história. Qual é a sua? Compartilhe sua história de uma maneira. As histórias conectam leitores e potenciais clientes à sua empresa. Permita que eles conheçam e se lembrem de você.

  1. MUDE!

Basta postar links para seus sites sociais rapidamente vai aborrecer seu público. Alterar e intercalar links com imagens, citações, perguntas, feedback e qualquer conteúdo adicional que agrega valor à conversa.

Pense nisso dessa maneira: se você estivesse tendo uma conversa com alguém cara a cara, você não gastaria o tempo todo promovendo você e seu produto ou serviço. Você ouve, reage e responde também. Não é diferente quando você está on-line.

  1. PLANEJE O SUCESSO

Faça a criação de conteúdo uma parte de sua estratégia de marketing diária.Construa um calendário editorial com uma lista de tópicos, ideias de artigos e posts de mídias sociais para manter seus trabalho focado e consistente.

Seja sério sobre o seu blog e use a criatividade em seu calendário editorial!

  1. COMPARTILHE CONTEÚDO INTERESSANTE

Mantenha-se atualizado sobre as últimas notícias dentro do seu nicho e compartilhe esse conteúdo em tempo hábil, oferecendo contexto ou sua opinião sobre o assunto. Como você se sentiu quando leu o post? Qual é a sua chave para levar e por que seu público deve se importar?

Contexto é tão importante quanto o conteúdo quando se trata de compartilhar em mídias sociais.

  1. CRIAR UMA LISTA DE E-MAIL

Construir uma lista de e-mails deve estar no topo de sua lista de afazeres de mídia social e estratégia de conteúdo. Use uma lista de assinantes para ficar na frente de seu público e promover sua última postagem no blog, campanha ou produto.

Conduzir assinantes para o seu conteúdo não só incentiva o aumento de leitores e tráfego, mas aumenta as ações, ficando top-of-mind.

Se você gostou deste artigo, clique no botão Compartilhar. Eu agradeço!

Sua vez! Quais são suas maneiras mais inovadoras de criar conteúdo que é compartilhado? Eu adoraria sua opinião.

 

Mídias Sociais e o Atendimento ao Cliente

Engajamento é a Alma do Negócio e você Deve Fazer isto com as Mídias Sociais. 

Outro dia uma amiga passou por uma experiência ruim com uma marca que ela usava e confiava bastante e por isso resolvi fazer este artigo. Tem muita marca por aí, de pequenas a grandes empresas, que não estão realmente preparadas para lidar com seus clientes nas redes sociais. Eu vou compartilhar um cenário fictício sobre mídia social e serviço ao cliente com você (e como eles se cruzam), mas lembre-se que isso é baseado em marcas reais e como eles interagem com seus clientes. Já falo que são cases gringos e se tiverem cases de marcas nacionais para me enviar, por favor, enviem!

Quero que você se coloque no lugar de seu cliente e pergunte a si mesmo: “Como eu me sentiria se fosse tratado desta maneira por uma marca.”

Cenário: Marca Thankful

Neste cenário, temos uma marca popular que vende um produto popular (digamos sapatos). Esta marca publica regularmente imagens e citações inspiradoras para corredores, posts relacionados a corrida e, de tempos em tempos, partilha imagens e estatísticas sobre seus lançamentos de tênis e acessórios.

E as pessoas adoram.

Corredores especialmente amam a marca e eles comentam regularmente em todos os posts, dão likes, compartilham, retweet, dão regram … Mas não é só isso, a marca tem um diferencial, comentários, eles comentam constantemente. Seus comentários são informativos, inteligentes e eles levantam questionamentos memoráveis.

De vez em quando, seus comentários não têm absolutamente nada a ver com a imagem e estão completamente relacionados ao atendimento ao cliente. Algumas vezes são problemas com os produtos e talvez eles sejam incapazes de alcançar um ser humano através de atendimento ao cliente. Talvez eles simplesmente estejam tendo problemas para fazer login em sua conta (porque essa marca, que realmente não pensou em toda a experiência do cliente conectado , não está usando o login social , algo que 73% dos clientes preferem os formulários de registro tradicionais).

(Na verdade, para ir em uma pequena tangente, login social não só melhora a experiência do cliente, mas também pode ser conectado a clientes gastar mais tempo em seu site.)

Mas, não importa o que está acontecendo, não importa como as pessoas estão respondendo a esta marca ou comentando, a marca faz a mesma coisa, mais e mais. Eles têm um único comentário – e o usam generosamente. Não importa o que as pessoas dizem nas mídias sociais, a marca diz: “Obrigado”. É como se eles tivessem um modelo (e provavelmente o fazem). Ou talvez dois ou três.

E quando eles usam esses modelos (e apenas os modelos), é irritante.

Parece um pouco algo como isto:

“Eu amo seus sapatos!” – Obrigado por comentar

“Meus sapatos vieram sem palmilhas e eu não posso obter um hold de atendimento ao cliente, vocês podem me ajudar? “- Obrigada por comentar

“Vocês acham que correr de longa distância é melhor do que caminhar?? – Obrigado por comentar

À medida que fucei os comentários, vi:

A marca responde aos cientes, mas não se conecta com eles (quem sabe dar aos clientes um cupom de desconto especial em determinada rede)

Um cliente que provavelmente devolverá seus sapatos e gritar para todos que foi muito difícil encontrar alguém que se preocupou com o produto danificado que foi enviado e que quer o dinheiro de volta e não comprará mais sapatos por lá.

Uma oportunidade perdida de criar algum conteúdo realmente envolvente (sob a forma de um comentário) que as pessoas vão adorar, a ponto de o comentário se tornar uma forma de conteúdo valioso.

Por não tentar mesmo pensar para fora da caixa, esta marca está não somente arruinando a experiência do seu cliente como está fazendo papel de bobo ou robô. (trocadilho péssimo)

Agora, em sua defesa, é uma jogada ousada dar às equipes de suporte ao cliente a autoridade para tomar decisões e responder com comentários que agreguem valor à conversa.

Eu entendo por que as marcas estão com medo de fazer isso, mas se você pode “educar” sua equipe de suporte ao cliente para fazer isto (e você se sentir confortável também), a sua marca estará infinitamente melhor do que a concorrência.E a experiência do cliente irá melhorar exponencialmente.

Mídias Sociais e Experiência do Cliente – Seus Comentários São Conteúdo, assim como um Blog Post, e Eles Precisam Ser Bem Pensados

Os comentários precisam agregar valor – eles precisam responder ao cliente adequadamente. Se seus comentários são um “lixo”, diminui, significativamente a experiência do cliente. As pessoas hoje em dia esperam que você responda a elas nas mídias sociais com precisão e claro, conhecimento de que você sabe do que está falando. Seu cliente espera que você se conecte com eles. 53% das pessoas nesta pesquisa esperam uma resposta no Twitter, para qualquer coisa que tweet sobre a marca, dentro de uma hora. E nessa mesma pesquisa, verificou-se que mais de 70% dos usuários esperavam um período de resposta e isso não acaba nas mídias sociais. 52% dos seus clientes esperam que você responda às suas opiniões.

Tudo isso faz parte de uma experiência com/sobre o cliente conectado. Os seres humanos (você sabe, seus clientes) esperam poder se conectar a marcas através das mídias sociais (e em uma variedade de outros contextos através de outras plataformas digitais) de uma forma que simplesmente não era possível há 50 anos.

E, acredite ou não, seus comentários sobre mídias sociais (ou sua falta) desempenham um papel integral em uma experiência de cliente conectado.

Todas as estratégias podem facilmente sair dos eixos , mas e uma das principais desconexões muitas vezes reside entre como uma marca atua em todos os diferentes canais onde se conecta com o cliente (e-mail marketing, na loja ou com técnicos, tentativas de devolução de produtos, interações no site) e como a marca reage aos comentários nas mídias sociais.

Se você está olhando para as mídias sociais como uma plataforma para mostrar que você está ali, sinto te informar, você está fazendo isso errado.

Um dos erros mais comuns que as marcas fazem atualmente ainda é enxergá-las como um megafone gigante, que não é o intuito, na verdade (e espero que isso não te assuste), social media é para ser social!

Eu sei, chocante.

Imagine que você está em uma sala cheia de pessoas. Ali estão algumas pessoas que você gostaria muito de conhecer, para se conectar, talvez fazer negócios com elas. Todos estão andando, falando um com o outro, divertindo-se, tomando alguns drinks, comendo uns petiscos e fazendo geralmente o trabalho de network de leve. E está funcionando. Cartões de visita estão sendo trocados, reuniões sendo agendadas e algumas pessoas estão apenas fazendo novos amigos, e isso é bom também (que poderia levar a negócios futuros, ou poderia apenas levar a ambas as marcas recebendo reconhecimento pelo outro).

E então, a porta para esta sala de mentira é aberta e passa um ser humaninho com um megafone gigante. Todo mundo para para olhar. Esse ser humano não se mexe, não fala nada com ninguém, não come e também não bebe. Lentamente, esse ser humano pega o megafone e começa a gritar, o mais alto que ele consegue. Ele grita sobre seus produtos e bombardeia a todos com informações sobre seus serviços. As pessoas que estavam ali se divertindo demonstram imediatamente mal estar, tampam os ouvidos e ficam se olhando com olhares de reprovação, mas ele não desconfia e continua.

Algumas pessoas vão até ela e realmente fazem perguntas, oferecem cartões de visitas e o ser humaninho simplesmente ignora a todos e continua com seu megafone aos berros sobre produtos e serviços sem realmente prestar atenção à sua volta. Alguns corajosos ainda tentam saber detalhes das ofertas, mas são ignorados também.

Finalmente, ele termina seu surto verbal e sai da sala. Ele não se conectou com uma única pessoa lá e pior, alienou muitas pessoas que já o conheciam e que poderiam ser futuros parceiros.

E por ali, em um canto da sala, tem um grupo de pessoas fazendo notas mentais de nunca, nunca fazer negócios com aquele ser humaninho.

Este é o cenário 2, e é, em muitas maneiras, pior do que o cenário 1- O cartaz prolífico contudo silencioso

Esta é a pessoa que inunda as mídias sociais com o mesmo punhado de posts, repetidamente, e ignora todos os comentários completamente. Esta é a marca que vê as mídias sociais como um megafone, que é completamente relutante em ver seus clientes como pessoas, que não vai se preocupar em conectar com outras marcas ou seus clientes, para tentar realmente ser social nas mídias sociais.

Em vez disso, eles vão olhar para as mídias sociais como uma plataforma de publicidade, e experiência do cliente será 1 de 2 coisas:

Seus clientes te seguirão por pouco tempo, pois perceberão que a marca não se importa com eles e que a marca posta mas mesmas coisas e não valem a pena segui-los.

Seus clientes ficam tão irritados por serem ignorados que tem vontade de bloquear a marca, nunca comprar nada deles novamente e ainda falar para os amigos fazer o mesmo.

A experiência do cliente é fraca e a marca parece mais fraca ainda.

Uma experiência ruim do cliente reverbera no futuro e afeta muitos clientes potenciais – isso é algo que você está disposto a arriscar?

78% dos clientes nesta pesquisa deixaram de acreditar, comprar e seguir a marca devido à experiência ruim do cliente (eu posso sentir sua dor – eu também senti). Uma outra fonte de pesquisa concluiu que uma má experiência do serviço de atenção ao cliente é compartilhada duas vezes tão frequentemente quanto uma experiência boa. Isso se estende às mídias sociais. A mídia social e o atendimento ao cliente não são apenas conectados – eles estão entrelaçados.

Na verdade, você poderia dizer que a mídia social e a experiência do cliente são realmente moldados tão firmemente juntos que é difícil separar os dois. Se você não está ciente de que na mídia social, as pessoas vão notar. E isso afetará negativamente a sua marca.

Seus comentários são partes eficazes do conteúdo – não negligencie seu poder

Se você não está se envolvendo com seus clientes, se você está apenas explodindo informações sobre a mídia social, você está perdendo. E se seus produtos ou serviços têm algum tipo de problema, você vai acabar parecendo o desastre de mídia social.

Quero que você pense nas mídias sociais de forma diferente, que considere isso como uma empresa primariamente social, que veja comentários, tanto para seus clientes quanto nas páginas dos outros, olhe menos para as postagem e para o engajamento como a coisa mais importante que você pode ter quando se trata de mídia social.

Pensar em ser social como o ponto de mídia social, seja com seus clientes ou com outras marcas, e para realmente ouvir, para pensar os seus comentários cuidadosamente, para responder rapidamente e para ajudar tanto quanto possível.

Se você fizer só isso TUDO, você terá sucesso.

Use os Álbuns do Instagram Para Seu Negócio

Sobre os Álbuns no Instagram

Há algumas atualizações no Instagram que me deixam bem animada, ao contrário de outras e quando eu ouvi que Instagram estava introduzindo álbuns (ou carrosséis, ou galerias), eu dei uma pirada imaginando como os clientes poderiam aproveitar esta novidade. São inúmeras, basta usar a criatividade!

E só eu acho o álbum do Instagram o melhor de todas as mídias sociais?

Eu amo como eles estão dispostos. Estou feliz que há um limite de 10 posts por álbum para que as pessoas não se percam na quantidade de imagens e o fato de poder combinar fotos e vídeos em um único álbum é pu$%#¨#%@ lindo!

Também é bem bacana como uma imagem em seu feed, mas, em seguida, role facilmente para ver o resto – mas nem todas as fotos desordenam o feed de seus seguidores. E, mesmo na sua galeria de perfis, uma única imagem novamente representa o álbum de modo a não prejudica o estilo do seu feed.

Outra razão que eu amo este novo recurso é toda a diversão e maneiras excitantes que poderemos usar para seu negócio. Já falei isto né? É que estou empolgada, me desculpem!

Mas antes de eu entrar em todas as maneiras que você pode usar esse recurso, vou te dar um grande conselho:

Enquanto alguns de nós estão morrendo de emoção com esse recurso, nem todo mundo sabe sobre ele ou entende o que procurar quando aparecem essas galerias pop-up em seus feeds. Então, eu recomendo que você inclua algum tipo de “imagem de capa” como sua primeira imagem no álbum.

Esta imagem deve ser de alto padrão, como sempre! E lembre-se, esta é a imagem que vai “viver” no seu feed, portanto, deve ser de alta qualidade, fiel à sua marca e estilo, e ser algo que seu público queira ver.

Isso não significa que tem que ser algo fora do comum, mas deve ser a melhor foto da série e ser capaz de se destacar por conta própria e de quebra, apoiar o resto do álbum.

Então, como alguns dos seus seguidores podem não perceber que há mais imagens / vídeos no post, você deve ter algum tipo de sobreposição de texto ou mencionar na primeira frase da legenda que eles devem rolar para o lado que verá mais imagens.

Ok, então agora que você tem a compreensão de criação de álbuns, vou falar sobre algumas das maneiras que você pode usar isto de forma criativa para o seu negócio!

Esta é provavelmente uma das razões mais óbvias para usar álbuns no Instagram. Não importa se você está assistindo a um evento ou a uma conferência ou, se este evento é do seu negócio ou se você está participando de um evento de caridade… há muitas fotos para compartilhar, tenho certeza! E se não tiver, deveria ter, fica a dica! Antes você podia postar uma foto de cada vez e ficava receioso de encher o feed do seu cliente/fã/seguidor de imagens e ele enjoar de você, não é mesmo?

Mas agora, você pode usar um álbum para compartilhar várias fotos e / ou vídeos do evento para realmente transmitir a experiência ao seu público.

Tem algo novo? Pode ser um produto, uma coleção ou até um serviço! Pense em todas as formas divertidas de mostrar o novo produto!

Uma série de imagens, como um anúncio em carrossel, onde cada imagem mostra outra parte / característica / aspecto / função do novo produto.

Misture em depoimentos ou conteúdo rico que agregado às algumas das imagens no álbum realmente vai aumentar o valor do novo produto.

Faça um unboxing do produto novo de modo que os clientes saibam exatamente o acontecerá quando ele tiver o novo produto em mãos.

Há tantas maneiras divertidas de usar os álbuns Instagram para lançar um novo produto!

Eu amo a ideia de tutoriais.(Sim, estou amando muito hoje) É altamente recomendado que as pessoas façam isso em seus negócios. E agora, os álbuns do Instagram são a maneira perfeita de construir um tutorial completo!

Combine fotos e vídeos para obter insights adicionais. Seja criativo – e leve conteúdo de qualidade – para mostrar ao público como usar seu produto, implementar uma nova tática, solucionar um problema comum e qualquer outra quantidade de bits educacionais que você possa compartilhar com seu público-alvo.

Além de tutoriais, provavelmente há coisas em seu negócio que podem ser feitas com pequenas instruções ou o famoso passo a passo. Isso seria especialmente “RYCO” para o meio fitness, cozinha, DIY, crafting, e outras áreas onde podemos mostrar a mudança de um processo que passa por vários postos.

Agora você pode criar um álbum com as várias etapas do processo do começo ao fim. Imagine mostrar o seu público como fazer uma receita que tenha um grau de dificuldade maior. Dos ingredientes, a preparação, a mistura, o cozimento, a finalização e voila!

Quer realmente mostrar o seu negócio? Todas as vezes que falamos sobre o conteúdo dos bastidores… omg… pense em quanto mais profundidade esse conteúdo pode ter agora, usando os álbuns do Instagram!

Você pode por exemplo, apres entear um novo funcionário mostrando diferentes lados de sua personalidade com vários posts em um álbum ou quem sabe homenagear um funcionário antigo? Demonstre as etapas que entram em um processo qualquer do seu negócio. Por exemplo, uma agência de marketing digital: briefing (vídeo de um briefing ia ser “MARAVILINDO”, planejamento, criação de cronogramas, conteúdo (incluindo o visual), programando publicações, resultados. Ufa!

Você tem até 10 posts por álbum para realmente mergulhar nos componentes desse seu processo. Você também pode fazer um tour pela empresa, mas nada “montado”, algo natural, que seus funcionários não estejam estrategicamente preparados para aparecer no vídeo. Conte a história através de um conjunto visual de posts em um álbum.

Há tantas maneiras de mostrar o que acontece nos bastidores do seu negócio – agora pense em maneiras divertidas de expandir isso em vários posts em um álbum!

Eu curto muito o Stories do Instagram, mas odeio que eles desapareçam. Acho que existe muita gente assim por aí, apesar de a proposta ser esta mesmo. Mas imagina aqui comigo, você está criando conteúdo incrível no stories, mas desejando que compartilhar mais com o seu público do Instagram…. Seus problemas acabaram! Agora você pode pegar suas melhores postagens no Stories e repostá-las em um álbum em seu perfil, para que elas possam viver indefinidamente por lá! Apenas certifique-se de que você está salvando suas histórias em seu telefone antes de elas desaparecerem ��

Seja o que for que você escolher fazer com os álbuns, espero que você se diverta, e eu incentivo você a se concentrar em seu público e continuar a fornecer apenas o melhor conteúdo para eles! Vocês sabem, né? Se não conseguem sozinhos eu posso ajudá-los!

Então, agora você tem algumas das minhas melhores dicas para usar álbuns no Instagram para o seu negócio. Você encontrou outra ótima maneira de incorporar esse recurso? Compartilhe nos comentários abaixo!